Salas multimédia, uma piscina de 25 metros, alunos motivados. O colégio Efanor nasceu para liderar

No segundo ano em que levou alunos a fazer exames nacionais, a escola privada de Matosinhos, fundada em 2008, consegue ter a melhor média do país nas provas de acesso ao ensino superior.

Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Fotogaleria
Anna Costa
Belmira Mota garante que as provas nacionais não são o centro do trabalho do colégio: "É raro falar-lhes de exame"
Fotogaleria
Belmira Mota garante que as provas nacionais não são o centro do trabalho do colégio: "É raro falar-lhes de exame" Anna Costa

João Velosa fala com uma desenvoltura impressionante. “Quero entrar num curso com média alta, tenho de ter a nota mais alta possível”, atira o estudante do 12.º ano do colégio Efanor, em Matosinhos, em jeito de explicação para os resultados elevados que teve nos exames de acesso ao ensino superior do ano passado. Tirou 19,5 na prova de Biologia e Geologia e 19 na de Física e Química: “Preparo-me sempre para o 20.”