Portugal foi porta de entrada para 97 migrantes marroquinos num ano

Daqueles 97 migrantes, 67 pediram protecção internacional, que foi considerada infundada pelo tribunal em 55 dos casos.

Foto
A maioria dos migrantes marroquinos fazem a travessia até ao Algarve em pequenas embarcações de madeira LUSA/Luís Forra

No último ano, entre Dezembro de 2019 e Setembro de 2020, mais concretamente, 97 marroquinos desembarcaram no Algarve, entre os quais dois menores, adiantou ao PÚBLICO o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Daqueles, 67 apresentaram um pedido de protecção internacional, sendo que 55 foram considerados infundados pelo tribunal. Entre os restantes, 29 pediram asilo, que foi recusado “e agora aguardam recurso judicial”, ainda segundo o SEF.