Cerca sanitária em Odemira: “Só queremos abrir e fazer o nosso trabalho”

A cerca sanitária nas freguesias de Longueira-Almograve e São Teotónio mantém paralisados muitos negócios que vivem do turismo. Começam a faltar produtos nas prateleiras das mercearias e há “muita revolta” entre habitantes e empresários.

Foto
São Teotónio é uma das freguesia com cerca sanitária Rui Gaudencio

Cristina está transtornada. “O supermercado e tudo aqui, restaurantes, unidades de turismo, só funcionam com o turismo ao fim-de-semana. É assim que a gente consegue superar o Inverno.” A decisão de manter a cerca sanitária nas freguesias de Longueira-Almograve e São Teotónio, no concelho de Odemira, decidida em Conselho de Ministros esta quinta-feira foi, por isso, “muito mal recebida” pela proprietária da Mercearia Fatias e Convites, em Almograve. Não só pela falta de clientes, mas também pelos constrangimentos causados pela impossibilidade de sair da freguesia.