Passageiros da TAP têm 282 milhões de euros em vouchers por usar

Transportadora aérea diz que também tem, “decorrente da pandemia de covid-19”, uma provisão de 10,4 milhões de euros relativa a “indemnizações de passageiros, cujas reclamações se encontram a ser processadas”.

Foto
Estado detém 72,5% do capital da TAP e pode vir a subir posição Rui Gaudencio

A pandemia de covid-19 afectou a TAP e o sector da aviação de várias formas, tendo uma delas passado pelo cancelamento de muitas viagens de passageiros que estavam programadas. Com muitas dificuldades nos reembolsos – no final de Março do ano passado a TAP afirmou ao PÚBLICO que “nenhuma tesouraria sobreviveria a ter de reembolsar em dinheiro” -, e diversas reclamações – a associação europeia de consumidores colocou a empresa na “lista negra” dos reembolsos -, uma das apostas passou pela emissão de vouchers.