Vox duvidou das ameaças de morte a Iglesias e incendiou a campanha em Madrid

Líder do Podemos abandonou debate e anunciou que não volta a sentar-se com a extrema-direita. Recebeu, tal como o ministro do Interior e a directora-geral da Guarda Civil, uma carta ameaçadora e balas de espingarda.

Foto
A carta anónima - com ameaças de morte - e as balas que chegaram ao Ministério do Interior e que tinham Iglesias como destinatário UNIDAS PODEMOS/Reuters

A altamente crispada campanha para as eleições do dia 4 de Maio na Comunidade de Madrid, atingiu esta sexta-feira um novo nível máximo de tensão e de discórdia, na sequência das dúvidas lançadas pela candidata do Vox à veracidade das ameaças de morte que Pablo Iglesias – líder do Unidas Podemos e também candidato –, o ministro do Interior e a directora-geral da Guarda Civil receberam na quinta-feira.