Imposição de Carneiro no Porto pode abrir crise política com Costa

Secretário-geral adjunto exigirá um compromisso claro da concelhia e da distrital.

Foto
Manuel Pizarro e José Luís Carneiro com António Costa numa arruada no Porto no âmbito das legislaitvas de 2019 Francisco Romao Pereira

A escolha do candidato do PS à Câmara do Porto pode abrir uma tensão política entre as estruturas locais do partido e a direcção nacional, caso António Costa decida impor o nome do secretário-geral adjunto do partido, José Luís Carneiro, que tem algumas resistências junto da concelhia e da distrital.