Empresas desafiam Trump e o Partido Republicano contra reforma das leis eleitorais

Mais de 100 empresários e gestores norte-americanos admitem cancelar apoio financeiro a candidatos republicanos e suspender investimentos no estado da Georgia, onde foram aprovadas restrições ao acesso ao voto.

Foto
Jon Ossoff e Raphael Warnock, do Partido Democrata, venceram os seus adversários republicanos na segunda volta das eleições para o Senado na Georgia Reuters/MIKE SEGAR

Os presidentes de mais de 100 empresas norte-americanas reuniram-se no fim-de-semana, por videoconferência, para coordenarem uma possível reacção em bloco às novas leis eleitorais do estado da Georgia, onde o Partido Republicano é acusado de impor barreiras aos eleitores negros para contrariar as recentes derrotas dos seus candidatos.