Uma grávida engravidou de novo e teve “gémeos” concebidos em momentos diferentes

O mundo poderá ver os pequenos Noah e Rosalie como gémeos. Mas a verdade é que eles são um caso raro de superfetação: apesar de terem partilhado a gestação e o parto, foram concebidos com três semanas de diferença.

Foto
DR/Instagram @roberts.supertwins

Pode parecer confuso, mas, apesar de não ser comum, é possível uma mulher engravidar quando já está grávida. Foi o que aconteceu, recentemente, no Reino Unido.