Algarve no vermelho está a preocupar autarcas e hoteleiros

Autarca de Albufeira queixa-se da “falta de informação” da autoridade de saúde aos municípios. Em Portimão, foi detectado um surto numa creche.

Foto
LUSA/LUÍS FORRA

Com a propagação do coronavírus a atirar o Algarve para o vermelho, a região tenta resistir ao escancarar das portas aos turistas. “Estou preocupadíssimo”, diz o presidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, salientando que os cafés e restaurantes, “naturalmente, estão desejosos de recomeçar a actividade”, mas a verdade é que os valores da transmissibilidade (Rt) e de taxa de incidência na região aconselham cautelas. Os novos surtos que surgiram nesta semana concentram-se na zona do Barlavento (Portimão, Lagoa, Albufeira e Vila do Bispo) e estão localizados na área da construção civil. 

Sugerir correcção
Ler 1 comentários