Pazuello sai do Ministério da Saúde brasileiro investigado pela Polícia Federal

O general do activo que chegou como especialista em logística e que sai investigado pela crise da falta de oxigénio em Manaus.

Foto
UESLEI MARCELINO/Reuters

Responsável pela gestão da saúde no Brasil durante a maior parte da pandemia da Covid-19, o general Eduardo Pazuello deixa o cargo de ministro suspeito de crimes, investigado pela Polícia Federal e com o país batendo o recorde de mortes pela doença.