Agora é que são elas!: as mulheres invisíveis sobem ao palco

Agora é que são elas! Em voz alta é um projecto da Casa da Esquina, em parceria com a Graal. O ciclo de vídeos interpretados por mulheres, e sobre mulheres, é partilhado online até final de Março e une a cultura à igualdade de género.

Elas falam em voz alta para trazer para a ribalta as mulheres invisíveis na sociedade. Em 2021, a Casa da Esquina torna as mulheres presentes e visíveis através da cultura: poemas, excertos de livros ou peças de teatro, escritos por mulheres e sobre mulheres.

A Casa da Esquina, associação cultural de Coimbra, criou, em 2018, o Agora é que são elas, um espaço de conversas abertas sobre igualdade de género, sobre o caminho que ainda é preciso percorrer e os lugares de chefia e destaque que continuam por ocupar, na ciência, na justiça, no cinema, entre outras áreas.  

Em confinamento, para contornar a impossibilidade de fazer debates ao vivo e o cansaço do Zoom, gravaram uma série de oito vídeos curtos, protagonizados por actrizes de Coimbra que interpretam textos escritos por mulheres, como homenagem ao seu trabalho, trazendo-as dos bastidores para o palco. No primeiro vídeo, partilhado a 8 de Março, a intérprete é Ana Teresa Santos e o texto é de Cláudia R. Sampaio, poeta portuguesa.

“As mulheres estão aqui, ganham prémios, mas nem sempre são totalmente reconhecidas, e esta, esperamos nós, é uma forma de trazer para a ribalta algumas destas mulheres. Há gente muito boa que fica na calha”, afirma, em declarações ao P3, Filipa Alves, membro da associação Casa da Esquina.

O trabalho de sensibilização e formação sobre igualdade de género é desenvolvido em parceria com a Graal, um movimento internacional de mulheres, que promove a sua “participação na vida social e cívica”, como se lê no site oficial. “Somos sensíveis à questão da projeção das mulheres no espaço público, mas também às dificuldades do sector cultural durante a pandemia”, explica Filipa Alves. “Os vídeos são também uma forma de chamar a atenção para a importância da cultura.”

Os vídeos da iniciativa Agora é que são elas! Em voz alta sairão, de três em três dias, até final de Março, no canal de YouTube, na página de Facebook e Instagram da Casa da Esquina e Graal. São realizados por Tiago Cerveira e interpretados pelas actrizes Ana Teresa Santos, Cláudia Carvalho, Cláudia Morais, Cristina Janicas, Helena Faria, Maria José Pessoa, Sofia Coelho e Sofia Lobo.

Sugerir correcção