A tecnológica de Gaia que encaixa as peças nas comunidades de energia

Empresa tecnológica CSide quer pôr no terreno 60 comunidades de energia renovável. Projectos reúnem investimentos de 32 milhões de euros e prometem poupanças na factura eléctrica.

Foto
Francisco Gonçalves, presidente executivo da empresa tecnológica CSide Adriano Miranda

Pelos municípios do país, da vila raiana de Monção à cidade açoriana de Angra do Heroísmo, “há genuíno interesse e uma receptividade muito grande” a projectos de comunidades de energia renovável (CER) “que são vistos como win, win”, ou seja, bons para todas as partes envolvidas.