Isaltino alerta para a atitude “sonsa” do PS e do PSD na questão da lei eleitoral

Autarca de Oeiras diz que os presidentes de câmara independentes vão reunir-se este sábado para desmascarar a “hipocrisia” dos dois partidos relativamente à lei que querem ver revogada.

Foto
Isaltino Morais Rui Gaudencio

O presidente da Câmara de Oeiras não acredita que o PS e o PSD pretendam mexer na lei eleitoral autárquica no sentido de a corrigir, tornando mais acessíveis as condições para a apresentação de candidaturas independentes e acusa os dois partidos de terem uma atitude “sonsa” nesta matéria. “Não é intenção deles corrigir a lei; há, aqui uma hipocrisia extraordinária de tentar iludir a opinião pública”, declara Isaltino Morais, que defende que a “lei seja reposta exactamente como estava antes da última alteração”.