Ministro “tem tido uma atitude de ausência” em relação ao ensino à distância no ensino superior

A nova presidente do Sindicato Nacional do Ensino Superior, Mariana Gaio Alves, defende que cabia ao Governo definir um “mínimo denominador comum” para garantir a qualidade das aprendizagens em tempo de pandemia.

Foto
Daniel Rocha

Há mais de 20 anos que Mariana Gaio Alves é professora do ensino superior, primeiro na Universidade Nova de Lisboa e, nos últimos três anos, no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Especialista em ensino superior e formação de docentes, acaba de assumir a liderança do Sindicato Nacional do Ensino Superior (Snesup), de que já era dirigente desde 2012. Num ano em que a actividade de universidades e politécnicos tem sido marcado pela pandemia, espera que o ministro Manuel Heitor tenha uma presença mais notória.