Há escolas a replicar os horários presenciais no ensino à distância

Algumas turmas estão a ter seis aulas de 50 minutos por dia. Ministério da Educação pedia “equilíbrio” entre aulas online e trabalho autónomo, tendo em conta o tempo de atenção e idades dos alunos.

Foto
“Não se pode estabelecer uma regra única para a duração das aulas online, diz o presidente do Conselho de Escolas Paulo Pimenta

O Ministério da Educação pediu “equilíbrio” no número de horas de aulas online, os especialistas lembraram o tempo de atenção dos alunos e muitos directores garantiram ter aprendido a lição do ano passado. Mesmo assim, há escolas que estão a replicar os horários que tinham presencialmente, obrigando os alunos a assistir a sucessivas sessões em videoconferência. No entanto, há pais que entendem que o tempo dedicado às actividades síncronas não é suficiente.