Odemira em preparativos para se juntar às Estações Náuticas de Portugal

Milfontes, Odemira e a Albufeira de Santa Clara são os três pólos do Mira em processo de certificação para se juntarem à rede portuguesa de estações náuticas.

mira,costa-alentejana,odemira,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
CM Odemira
mira,costa-alentejana,odemira,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
, CMOdemira/João Domingos,CMOdemira/João Domingos
mira,costa-alentejana,odemira,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
CM Odemira
mira,costa-alentejana,odemira,fugas,alentejo,turismo,
Fotogaleria
CM Odemira

 "Agregar, dinamizar e potenciar a rede de agentes locais ligados ao turismo náutico”. É o objectivo do processo de certificação que a autarquia de Odemira está a levar a cabo com vista a entrar para a rede de Estações Náuticas de Portugal.

No concelho de Odemira são definidos “três pólos no curso do rio Mira – Vila Nova de Milfontes, Odemira e Albufeira de Santa Clara”, anuncia a autarquia em comunicado. 

O projecto da rede de estações, actualmente com 24 conjuntos certificados pelo país, destina-se a promover o turismo náutico no país, interligando estruturas e actividades.

No ano passado, ainda com esperança num intervalo da pandemia, foi apresentado um site onde está disponível toda a informação sobre a rede, o Nautical PortugalPortugal Náutico. O projecto é gerido pela Associação Empresarial de Portugal com a Fórum Oceano.

Vários municípios pelo país estão em fase de certificação com o objectivo de juntarem-se à rede. 

No caso de Odemira, a câmara municipal, que coordena a candidatura, confirmou o apoio de vários parceiros, incluindo-se o Turismo do Alentejo e Ribatejo e Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo, além dos odemirenses Clube Fluvial, Clube Náutico de Milfontes, Clube Náutico do Litoral Alentejano, Associação Foz do Mira, Agrupamento de Escolas de Odemira, Associação Casas Brancas, Associação Rota Vicentina, CACO – Associação de Artesãos do Concelho de Odemira, além de várias empresas de animação turística, operadores marítimo-turísticos, unidades de alojamento e restaurantes.