Na serra da Lomba há um baloiço para o nascer do sol, outro para o sol-posto

A sensação “é, literalmente, de voo”. Por terras de Celorico da Beira, a aldeia de Rapa também aderiu à moda dos baloiços. E apostou a dobrar: tem dois. Um para ver o nascer do sol e com vistas da Guarda, outro para admirar o pôr do sol com vistas de Celorico.

passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Um baloiço para o poente Pedro Ribeiro
passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Vista sobre Rapa Pedro Ribeiro
passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Vista sobre Rapa Pedro Ribeiro
passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Um baloiço para nascente Pedro Ribeiro
passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Vista sobre a cidade da Guarda Pedro Ribeiro
passeios,celorico-beira,serra-estrela,guarda,fugas,turismo,
Fotogaleria
Vista sobre a cidade da Guarda e Barragem do Caldeirão Pedro Ribeiro

No ponto mais alto da serra da Lomba, a 990 metros de altitude, há agora, não um, mas dois baloiços para apreciar a paisagem (arrebatadora, por sinal). Estão situados em Rapa, uma pequena Aldeia de Montanha do concelho de Celorico da Beira, localizada em pleno Parque Natural da Serra da Estrela. E o melhor de tudo? Estas estruturas estão estrategicamente posicionadas para apreciar, respectivamente, o nascer e o pôr do sol.

Um dos baloiços está virado para nascente, com uma vista privilegiada para a imponente cidade da Guarda. O outro está virado para poente, com vistas para a sede de concelho, Celorico da Beira”, anuncia a ADIRAM (Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha), que felicita a União de Freguesias Rapa e Cadafaz, o município de Celorico da Beira e os habitantes locais, pela criação daquelas estruturas. 

Foto
Baloiço com vista sobre as Aldeias de Montanha de Rapa, Cadafaz e Vale do Mondego Pedro Ribeiro

Em ambos os baloiços, os visitantes têm a oportunidade de apreciar “a paisagem serrana, de onde sobressai o vale do Mondego e todo o Planalto Beirão”. A ADIRAM garante que a sensação “é, literalmente, de voo”. Ou, para ser mais precisa, de dois voos: “um sobre a imponente cidade da Guarda e o outro sobre a bonita vila de Celorico da Beira”. 

Abrigo sobre um aglomerado granítico Pedro Ribeiro
Soutos de Rapa Pedro Ribeiro
Fotogaleria
Pedro Ribeiro

Naquele local foi, ainda, construído um miradouro, com uma estrutura suspensa, mais uma vez com paisagens de cortar a respiração. Para lá chegar, estando na aldeia da Rapa, basta seguir as placas de identificação. O percurso, que pode ser feito de carro, é ele próprio digo de um olhar mais atento, sendo “ladeado por bucólicos campos agrícolas e densos bosques de carvalhos e castanheiros”.

Fica a dica para aqueles que estão a pensar programar uma visita: coloque no GPS a localização do marco geodésico da Rapa (este local dista, aproximadamente, dois quilómetros do centro da aldeia).

Foto
Um dos "anfitriões" de Rapa, o sr. Aurélio Nunes Pedro Ribeiro