Torne-se perito Crítica

A música que se pensa está bem viva: sons de ontem e de hoje em audição activa

De realçar a qualidade das interpretações musicais que o público teve oportunidade de presenciar neste triplo concerto. No Festival Música Viva foi reservado aos compositores portugueses de tradição académica, tão pouco acarinhados pelos media, um destaque invulgar.

cultura,miguel-azguime,critica,culturaipsilon,musica,
Foto
Sond'ar-te Electric Ensemble, sob a batuta de Pedro Carneiro josé frade/cortesia teatro são luiz

O concerto inaugural do 26.º Festival Música Viva (que continua no O'culto da Ajuda até dia 14 deste mês) teve lugar, excepcionalmente, no Teatro de São Luiz. Isso permitiu albergar, em sequência, três agrupamentos de câmara que se têm vindo a dedicar à revelação de novas partituras: o Ensemble Mpmp, dirigido por Jan Wierzba; o Sond'ar-te Electric Ensemble, sob a batuta de Pedro Carneiro; e o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, conduzido por João Paulo Santos.