Na sopa, na compota ou no licor, a abóbora cai sempre bem

É um dos produtos de excelência do Outono e não pára de conquistar lugar de destaque à mesa dos portugueses. Amada por quase todos, a abóbora é um daqueles raros exemplos de versatilidade e de desperdício zero.

alimentacao,gastronomia,fugas,agricultura,aveiro,porto,
Fotogaleria
Adriano Miranda
alimentacao,gastronomia,fugas,agricultura,aveiro,porto,
Fotogaleria
Adriano Miranda
alimentacao,gastronomia,fugas,agricultura,aveiro,porto,
Fotogaleria
Adriano Miranda

Nem de propósito. As temperaturas tinham descido de forma abrupta e aquela manhã de sábado estava mesmo a pedir um alimento ou uma bebida quente. O tacho fumegante apareceu na hora certa, em forma de “desejo prestes a cumprir-se”: papas de abóbora à moda de Soza, vila do concelho de Vagos que tem uma longa tradição na confecção deste fruto associada às festas em honra de São Sebastião, a 20 de Janeiro. A receita é antiga e acabou por levar a que várias mulheres da vila se juntassem, em 2010, para criar a Confraria dos Sabores da Abóbora. O propósito de preservar a tradição das papas acabou por tornar-se num (belo) pretexto para enaltecer esse produto que está a ganhar cada vez mais protagonismo à mesa dos portugueses.

Sugerir correcção