Pressão aumenta para fechar acordo para próximo orçamento comunitário

Eurodeputado francês inicia greve de fome em protesto contra cortes no orçamento comunitário

pac,fundos-comunitarios,comissao-europeia,economia,uniao-europeia,parlamento-europeu,
Foto
LUSA/OLIVIER HOSLET

A pressão aumenta. Aos avisos do executivo comunitário, cada vez mais preocupado com a possibilidade de a União Europeia entrar no ano de 2021 sem um orçamento aprovado e portanto com a sua acção limitada à execução de despesas num sistema de duodécimos, juntou-se agora a acção inusitada do eurodeputado francês, Pierre Larrouturou, que iniciou uma greve da fome para tentar impedir que haja cortes nos programas da UE para o clima e a saúde.