Trump conteve-se e Biden não entusiasmou no último frente-a-frente antes da noite eleitoral

O segundo e último debate entre os dois principais candidatos à Casa Branca ficou marcado por um tom menos crispado do que o primeiro. Mas os ataques foram duros e confirmaram as visões radicalmente diferentes que os eleitores têm à sua frente.

Numa altura em que os votos de quase 50 milhões de eleitores nos EUA já chegaram aos sítios onde vão começar a ser contados, na noite de 3 de Novembro, Donald Trump e Joe Biden tiveram uma derradeira oportunidade, esta madrugada, para mudarem as opiniões de uma fatia do eleitorado cada vez mais pequena.

Num cenário como este, e a apenas 11 dias da grande noite eleitoral de 3 de Novembro, era difícil que o segundo e último debate entre os dois principais candidatos à Casa Branca fosse decisivo, mesmo que um deles tivesse saído como o grande vencedor.

Clique aqui para ler mais sobre o debate.

Sugerir correcção