Torne-se perito

Declaração médica ou baixa? Dúvidas sobre docentes de risco para covid-19 continuam

Sindicato Independente dos Médicos acusa o secretário de Estado Adjunto e da Educação de estar a pressionar os médicos para emitirem baixas médicas falsas.

educacao,sociedade,escolas,professores,ministerio-educacao,fenprof,
Foto
Arranque do ano escolar em contexto de pandemia com incertezas Nelson Garrido

No meio da polémica instalada entre os professores que pertencem a grupos de risco para a covid-19, há, pelo menos, uma certeza: o Ministério da Educação não permitirá, neste momento, que exerçam as suas funções em teletrabalho. A partir daqui a névoa sobre o processo que devem adoptar para se manterem afastados do regime presencial mantém-se: apresentar uma declaração, comprovando a sua condição e recebendo salário durante 30 dias e, findo esse período, uma baixa médica? Ou meter logo baixa? O PÚBLICO pediu esclarecimentos à tutela, mas o Ministério da Educação (ME) remeteu-se ao silêncio.