Torne-se perito

Um blockbuster polui tanto como 11 viagens à Lua: a pegada ecológica do cinema foi medida e é gigante

Os relatórios de sustentabilidade relativos a 19 grandes produções filmadas nos últimos cinco anos impressionam: a produção de um blockbuster gera 2840 toneladas de CO2 e um dia “normal” de filmagens ultrapassa a pegada carbónica de uma pessoa num ano. Aposta em “soluções verdes” e planeamento digital de actividades serão essenciais no futuro, conclui o estudo científico Screen New Deal.

recursos-naturais,cinema,culturaipsilon,ambiente,co2,energia,
Foto
Muitos estúdios internacionais têm regressado às rodagens com uma série de adaptações para responder aos constrangimentos impostos pela covid-19 DR

Um dia “normal” na filmagem de uma grande produção cinematográfica é suficiente para ultrapassar a pegada carbónica de uma pessoa num ano e uma hora de rodagem é tão poluente como um voo de Londres para Nova Iorque. Parece difícil de acreditar? São conclusões do artigo científico Screen New Deal, um relatório desenvolvido nos últimos cinco anos que mediu o impacto ambiental da indústria do cinema e aponta para a urgente necessidade de esta reduzir as suas elevadas emissões de dióxido de carbono (CO2).