André Ventura condena ameaças a deputados, mas lamenta que não critiquem as ameaças de que é alvo

Líder do Chega diz ser alvo de “ameaças e morte quase diariamente” e que vai apresentar nova queixa na Procuradoria-Geral de República.

Foto
André Ventura rui gaudencio

André Ventura, deputado e líder do partido Chega, condena as ameaças que têm sido feitas a deputados e activistas anti-racistas por movimentos de extrema-direita, mas lamenta que não se solidarizem com ele “quando é vítima de ameaças de morte quase diárias, nas redes sociais e por outros meios”.