Indústria da pirotecnia emprega 1200 trabalhadores em Portugal

Cerca de 60 micro e PME facturam anualmente 40 milhões de euros. Mas “as empresas de pirotecnia vão estar pelo menos um ano sem efectuar qualquer venda significativa”, alerta o vice-presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Pirotecnia e Explosivos, Nuno Costa

Foto
Paulo Pimenta

Com um volume de negócios equivalente a 40 milhões de euros, o sector da pirotecnia em Portugal está a passar por uma fase complicada. Apesar de ser dos poucos países, a par de Itália e de Espanha, onde a indústria ainda sobrevive ao domínio da China.

Sugerir correcção