Sistelo e belezas dos Açores: “jóias” de Portugal entre os “tesouros escondidos” da Europa

Há três “jóias” portuguesas entre os melhores destinos “secretos” do ano, eleitos pela European Best Destinations. Além do “pequeno Tibete português”, a ilha das Flores e o Ilhéu de Vila Franca do Campo já andam nas bocas do mundo.

,Panorama
Fotogaleria
Sistelo (5.º lugar) Nelson Garrrido
,Graciosa
Fotogaleria
Ilha das Flores, Açores (2.º lugar) Enric Vives-Rubio
,Ilha das Flores
Fotogaleria
Ilhéu de Vila Franca do Campo, São Miguel, Açores (10.º lugar) DR/De Visu
arcos-valdevez,fugas,portugal,acores,turismo,europa,
Fotogaleria
Açores em geral merecem destaque no texto de abertura da lista: nada melhor do que “fugir para os Açores”, “um dos últimos santuários da Europa” DR/Hunyadi Marton
,Município de Piran
Fotogaleria
Bohinj, Eslovénia (1.º lugar) DR/Hunyadi Marton
arcos-valdevez,fugas,portugal,acores,turismo,europa,
Fotogaleria
Agüero, Espanha (3.º lugar) DR/Igor Plotnikov
,Palermo
Fotogaleria
Cefalu, Itália (4.º lugar) DR/Leonori
,Sirmione
Fotogaleria
Sirmione, Itália (6.º lugar) Andrea Berg
arcos-valdevez,fugas,portugal,acores,turismo,europa,
Fotogaleria
Adishi, Geórgia (7.º lugar) DR/Creative Travel Projects
arcos-valdevez,fugas,portugal,acores,turismo,europa,
Fotogaleria
Torquay, Reino Unido (8.º lugar) DR/Roberto La Rosa
,Forbes
Fotogaleria
Crovie, Reino Unido (9.º lugar) DR/Stefano_Valeri
,Nápoles
Fotogaleria
Procida, Itália (11.º lugar) DR/Jenny Sturm
,Agia Effimia
Fotogaleria
Sami, Grécia (12.º lugar) DR/Jordeangjelovik
,Pianosa
Fotogaleria
Portoferraio, Itália (13.º lugar) DR/Stefano Mariniari
Morlaix
Fotogaleria
L'Ile Louet, França (14.º lugar) DR/Roif E. Staerk
,Monterosso al Mare
Fotogaleria
Portovenere, Itália (15.º lugar) DR/Balate Dorin
,Najac
Fotogaleria
Foix, França (16.º lugar) DR/De Bjul
,Mar Egeu
Fotogaleria
Skiathos, Grécia (17.º lugar) DR/ImagIN.grphotography
,Sorano
Fotogaleria
Sorano, Itália (18.º lugar) DR/Bashyrova

Em plena pandemia, as escolhas para “melhores tesouros escondidos” da Europa este ano, votadas por um painel de 11400 viajantes, afastam-se das cidades, “das multidões e do stress”, para mergulhar na natureza e (re)descobrir “espaços abertos amplos”, com liberdade de movimentos, “novos sabores, novas caras, novas paisagens”.

Se assim é a vontade, então nada melhor do que “fugir para os Açores”, “um dos últimos santuários da Europa”, onde se podem observar cetáceos e “descobrir uma fauna e flora únicas no mundo e protegidas pelas autoridades regionais”, destaca a European Best Destinations (EBD), uma organização com sede em Bruxelas “dedicada a promover a cultura e o turismo na Europa”.

O arquipélago dos Açores brilha duas vezes na lista dos 18 destinos “secretos” mais apetecíveis do ano, encabeçada por Bohinj, na Eslovénia, “um destino sinónimo de natureza, desenvolvimento sustentável, autenticidade e experiências únicas, no coração de um dos parques naturais mais bonitos da Europa”.

Em segundo lugar, surge a ilha açoriana das Flores, “menos visitada pelos turistas e “um verdadeiro paraíso na Terra para amantes da natureza e caminhantes”. Segundo o EBD, é o “destino perfeito” para entusiastas do mergulho, para quem queira observar cetáceos ou fazer canyoning. “Com tantos rios e cascatas, as Flores são o paraíso tanto para amantes da natureza como para os viciados em adrenalina”, descreve a plataforma.

PÚBLICO - Fajã Grande
Fajã Grande Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajã Grande - frente ao Maresia
Fajã Grande - frente ao Maresia Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajã Grande
Fajã Grande Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajã Grande
Fajã Grande Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajã Grande
Fajã Grande Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro
Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro
Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro
Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro
Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro
Poço da Alagoinha, aliás poço da ribeira do Ferreiro Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajãzinha
Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fajãzinha, Poço do Bacalhau
Fajãzinha, Poço do Bacalhau Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Trilho de Lajedo à Fajãzinha
Trilho de Lajedo à Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Trilho de Lajedo à Fajãzinha
Trilho de Lajedo à Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Trilho de Lajedo à Fajãzinha
Trilho de Lajedo à Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Trilho de Lajedo à Fajãzinha
Trilho de Lajedo à Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Visto de cima, Fajãzinha e Fajã Grande e Cuada no planalto
Visto de cima, Fajãzinha e Fajã Grande e Cuada no planalto Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - A volta das lagoas
A volta das lagoas Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - A volta das lagoas
A volta das lagoas Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - A volta das lagoas
A volta das lagoas Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - A moleira Fátima, perto da Fajãzinha
A moleira Fátima, perto da Fajãzinha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - José Corvelo na sua horta do restaurante Pôr do Sol
José Corvelo na sua horta do restaurante Pôr do Sol Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - A Queijaria da Fajazinha do Queijo Pico Redondo,  a D. Ilda Henriques
A Queijaria da Fajazinha do Queijo Pico Redondo, a D. Ilda Henriques Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Nos trilhos das Flores
Nos trilhos das Flores Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Santa Cruz
Santa Cruz Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Santa Cruz
Santa Cruz Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Fábrica(-museu) da Baleia, Santa Cruz
Fábrica(-museu) da Baleia, Santa Cruz Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - Santa Cruz, o sr. Joao, antigo baleeiro, proprietário do restaurante A Sereia
Santa Cruz, o sr. Joao, antigo baleeiro, proprietário do restaurante A Sereia Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - O ilhéu de Monchique, ponto mais ocidental da Europa continental à distância de uns palmos numa viagem de barco à volta da ilha
O ilhéu de Monchique, ponto mais ocidental da Europa continental à distância de uns palmos numa viagem de barco à volta da ilha Enric Vives-Rubio
PÚBLICO - O Corvo no horizonte das Flores
O Corvo no horizonte das Flores Enric Vives-Rubio
Fotogaleria

Dicas para quem for de viagem: mergulhar nas piscinas naturais de Santa Cruz, aproveitar o dia nas praias das Lajes das Flores e da Fajã Grande e nadar nas cascatas do Poço do Bacalhau e da Ribeira Grande.

Considerado um “destino perfeito para quem precisa de voltar a conectar-se com a natureza”, os Açores voltam a surgir em 10.º lugar, com o ilhéu de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel. O icónico ilhéu, que visto de cima parece encerrar uma baía circular perfeita (e onde decorre a prova de saltos para a água Red Bull Cliff Diving), é, na verdade, “a parte visível de um incrível vulcão subaquático”.

PÚBLICO - Ilha das Flores
Ilha das Flores DR/Lukasz Janyst
PÚBLICO - Ilhéu de Vila Franca do Campo (ilha de São Miguel)
Ilhéu de Vila Franca do Campo (ilha de São Miguel) DR/De Visu
Fotogaleria
DR/Lukasz Janyst

Com pouco mais de um quilómetro de costa, à distância de uma curta viagem de barco, um “cantinho único de paraíso” aguarda o visitante, com “águas cristalinas e uma pequena praia”, aponta a EBD.

Entre os melhores “tesouros escondidos” da Europa, encontra-se ainda Sistelo, em Arcos de Valdevez, no quinto lugar da lista. A paisagem de socalcos verdes que rodeiam a aldeia, com cerca de 300 habitantes, vale-lhe o apelido de “pequeno Tibete português”, eleita uma das “7 Maravilhas de Portugal” e classificada como monumento nacional em 2017.

PÚBLICO - Sistelo
Sistelo Gonçalo Dias
PÚBLICO - Sistelo
Sistelo Sérgio Azenha
PÚBLICO - Sistelo
Sistelo Sérgio Azenha
PÚBLICO - Sistelo
Sistelo Sérgio Azenha
PÚBLICO - Sistelo
Sistelo Sérgio Azenha
PÚBLICO - Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez
Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez Nelson Garrido
PÚBLICO - Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez
Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez Nelson Garrido
PÚBLICO - Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez
Sistelo, a passear pela Ecovia do Vez Nelson Garrido
Fotogaleria
Gonçalo Dias

Num passeio a Sistelo, aponta a organização, há que não perder a visita ao castelo, as vistas panorâmicas sobre a aldeia do miradouro de Chã da Armada e, para quem gostar de caminhadas, o Percurso Pedestre das Brandas de Sistelo, com cerca de 11 quilómetros. “Começa na vila e leva-o pelos lugares naturais mais bonitos desta região incrível”, promete-se. Tanto o Sistelo como os outros “tesouros” da lista da EBD andam nas bocas do mundo, a chamar as atenções em revistas influentes como a Forbes.

O top integra outros “tesouros” europeus como Agüero (Huesca, Espanha), Cefalu (Sicília, Itália), Sirmione (Lombardia, Itália), Adishi (Geórgia), Torquay (Devon, Reino Unido), Crovie (Aberdeenshire, Reino Unido), Procida (Nápoles, Itália), Sami (Kefalonia, Grécia), Portoferraio (ilha Elba, Itália), L'ile Louet (Bretanha, França), Portovenere (Liguria, Itália), Foix (Ariege, França), Skiathos (Grécia), Sorano (Toscana, Itália).

Sugerir correcção