Segurança Social investiu 7,1 milhões em fundo que não fez uma única obra

Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado foi criado há quatro anos com o objectivo de requalificar património do Estado e criar habitação a preços acessíveis. Governo autorizou que Fundo de Estabilização da Segurança Social investisse até 1400 milhões de euros. Quatro anos depois, a Fundiestamo não fez obras num único fogo.

evora,empresas,economia,aveiro,imobiliario,governo,
Foto
Antigo Hospital Miguel Bombarda está desactivado desde 2011 daniel rocha

O investimento do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social (FEFSS) no instrumento público criado pelo Governo para fazer a reabilitação de imóveis devolutos do Estado para serem colocados no mercado do arrendamento acessível foi, até agora, de 7,1 milhões de euros.