Reino Unido acusa Rússia de tentar roubar investigação sobre vacinas para a covid-19

Governo britânico identificou ciberataques contra universidades, farmacêuticas e cientistas britânicos, americanos e canadianos e denunciou ainda uma tentativa de “interferência” russa nas eleições legislativas de 2019.

Foto
Vacina para a covid-19 a ser desenvolvida no Imperial College, de Londres Reuters/IMPERIAL COLLEGE LONDON/THOMAS A

O Reino Unido atirou-se esta quinta-feira à Rússia, com duas acusações graves. O Governo britânico denunciou, por um lado, a ocorrência de ciberataques recentes, associados ao Kremlin, contra universidades, farmacêuticas e cientistas britânicos, norte-americanos e canadianos, com o objectivo de roubarem informação sobre o desenvolvimento da vacina para a covid-19, e revelou, por outro, ser “quase garantido” que agentes patrocinados por Moscovo “tentaram interferir” nas legislativas de Dezembro do ano passado.