Oito portugueses em Madrid no regresso do World Padel Tour

Mais de cem dias depois de se ter disputado o Marbella Master, o segundo torneio do circuito profissional de padel começa no domingo no Palacio de los Deportes San Pedro Alcántara.

Diogo Rocha vai jogar em Madrid na tarde de domingo
Foto
Diogo Rocha vai jogar em Madrid na tarde de domingo WPT

Três meses e 20 dias depois de se terem disputados as finais masculinas e femininas do Marbella Master, o torneio inaugural do World Padel Tour (WPT) 2020, o Palacio de los Deportes San Pedro Alcántara, em Madrid, recebe a partir deste domingo o Estrella Damm Open 2020, evento que marca o regresso do circuito profissional de padel. A prova na capital espanhola será disputada sem público e contará com a participação de oito portugueses.

A paragem forçada devido à pandemia da covid-19 baralhou por completo o calendário da competição para 2020 e, para já, o WPT anunciou apenas que o retomar do circuito acontecerá no Madrid Arena, com dois torneios consecutivos: o primeiro torneio entre 28 de Junho e 5 de Julho; a prova seguinte entre 12 e 19 de Julho.

No regresso da mais importante competição de padel a nível mundial, Portugal estará representado por oito atletas, mas a participação portuguesa no quadro principal apenas estará garantida no quadro feminino, onde Ana Catarina Nogueira e Sofia Araújo têm presença assegurada a partir de quarta-feira.

Assim, os primeiros a entrarem em acção em Madrid serão os homens na pré-qualificação. A estreia dos jogadores nacionais acontecerá na manhã deste domingo, com Vasco Pascoal, que formará dupla com o argentino Facundo Domínguez, a defrontar a partir das 8h00 da manhã, horário de Portugal Continental, os espanhóis Javier Marti Hernanz e Miguel Semmler Arranz, dupla que recebeu um “wild card” para entrar no torneio.

Uma hora mais tarde, será a vez de Ricardo Martins entrar no court. O n.º 148 do WPT, que jogará com David Antolín Solla, terá pela frente na estreia em Madrid os espanhóis Carlos Vaño e Claudio Zurita.

Isento na primeira ronda do pré-qualifying, Diogo Rocha jogará igualmente no domingo, mas apenas da parte da tarde (16h00). O jogador do Porto terá à sua esquerda o catalão Marc Quílez e vai medir forças com o vencedor da partida que Ricardo Martins vai disputar da parte da manhã.

No quadro masculino, o último a iniciar a sua participação no Estrella Damm Open 2020 será Miguel Oliveira, que não terá que passar pela “pré-prévia”. O melhor português no ranking da WPT (58.º) vai fazer o segundo torneio no WPT ao lado de Antonio Luque e apenas jogará às 9h00 de terça-feira, na 2.ª ronda do qualifying, contra rivais ainda por definir.

Na variante feminina, o início do pré-qualifying apenas acontecerá na segunda-feira e, a partir das 12h00, começará a jogar no Madrid Arena a única dupla 100% portuguesa: Margarida Fernandes e Patrícia Ribeiro. As duas jogadoras nacionais vão ter que ultrapassar as irmãs Pilar e Maria Navarro Lópes-Barajas.

Com lugar assegurado no quadro principal, Ana Catarina Nogueira e Sofia Araújo apenas jogam na quarta-feira. Ainda sem horário definido, Sófia Araújo vai competir da parte da manhã. Ao lado da argentina María Virginia Rieira, a atleta de Lisboa vai defrontar nos 16-avos-de-final uma dupla com pior ranking: Lucía Martínez Gómez e Ana Fernández De Ossó.

Da parte da tarde (14h00), será a vez de Ana Catarina Nogueira jogar. A n.º 9 do ranking mundial e a argentina Delfina Brea Senesi são favoritas contra uma dupla composta pela experiente Nelida Brito e a jovem Araceli Martínez Ibáñez.

Se Sofia Araújo e Ana Catarina Nogueira ultrapassarem os primeiros obstáculos em Madrid, na manhã de quinta-feira haverá um frente a frente entre as duas melhores jogadoras nacionais, o que garantirá a presença de uma portuguesa nos quartos-de-final do Estrella Damm Open 2020.

Sugerir correcção