Alemanha e França exigem cortes para salvar companhias aéreas

Um pouco por toda a Europa, as companhias aéreas têm procurado obter ajuda pública para se reerguerem do choque sem precedentes provocado pela crise de saúde pública.

aviacao,empresas,economia,tap,turismo,transportes,
Foto
Reuters/Alkis Konstantinidis

Nas contas da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), o ano de 2020 será o pior de sempre para o sector, podendo levar a perdas globais de 84 mil milhões de dólares no exercício de 2020 e de mais 15 mil milhões em 2021.