Torne-se perito

3, 2, 1… e, à segunda tentativa, foguetão da SpaceX partiu. Veja como foi

A nova parceria pública e privada que faz regressar os EUA ao negócio dos voos espaciais com tripulantes está lançada. Este sábado, depois de um adiamento e um inesperado acidente, a NASA descolou do solo americano com dois astronautas a bordo do foguetão da empresa privada SpaceX.

À segunda tentativa, foi lançado o foguetão da empresa privada da SpaceX com dois astronautas da agência espacial norte-americana NASA a bordo. É o início de uma nova era no espaço. Pela primeira vez, os EUA recorrem a uma empresa privada, a SpaceX, para colocar astronautas em órbita. É um passo importante para cumprir a missão de “comercializar o espaço”. Depois de uma estreia adiada pelo mau tempo na última quarta-feira e após um acidente na sexta-feira num outro projecto da SpaceX que ameaçou manchar esta missão, o foguetão Falcon 9 partiu da plataforma 39 do Centro Espacial Kennedy, na Florida, nos EUA, às 20h22 (hora de Portugal continental). O voo de teste Demo-2 foi lançado com sucesso e vai continuar. Douglas Hurley e Robert Behnken devem chegar este domingo à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).