Design

Laro Lagosta no mundo das sapatilhas

Fotogaleria

Quando o P3 falou com Laro Lagosta em 2012, as suas ilustrações representavam um mundo muito diferente. Um “universo de agradável violência”, explicava o ilustrador de Ponte de Lima. Com o tempo, o sangue e a decomposição foram desaparecendo e ficaram só os ossos do esqueleto para lembrar essa época. Foi uma mudança natural para Laro, que começou a experimentar com “ilustração em fotografia digital, a representar personagens de filmes, séries vestidas com marcas de streetwear, até começar a desenvolver ilustrações, cartoons mais focados nas sapatilhas”.

As sapatilhas são agora o tema central das suas criações, onde retrata a obsessão dos sneakerheads (viciados em sapatilhas). A cultura hypebeast está presente na moda, na arte e também nas sapatilhas. “É uma atitude consumista com amor pelo meio”, explica Laro. É uma forma de expressar a personalidade através do que se veste, calça ou colecciona. No entanto, é muitas vezes enganador, já que os objectos só se tornam desejáveis por serem exclusivos, caros ou de edição limitada. “É uma ilusão, uma camada extra de valor que se perdia se fosse fácil de comprar, a dúvida é saber se esse mesmo objecto teria tanta procura se não fosse exclusivo." Tem também um carácter muito temporário: o que é mais desejado numa semana pode ser totalmente esquecido dentro de poucos meses.

É nestas questões que Laro encontra inspiração. Com um tom humorístico e referências frequentes a filmes, séries ou jogos em pano de fundo,  tenta “pensar nas relações, sentimentos, desejos e frustrações que se desenvolvem neste mundo" através de perspectivas diferentes. Admite que muitas vezes se sente criticado pelas suas próprias ilustrações. “Não me levo a sério, no fim olho sempre para isto e penso: são só sapatilhas, é só roupa, é a vida.”

De momento, conjuga as ilustrações com o desenvolvimento de produtos na Prozis. Para além das inúmeras colaborações que fez com marcas conhecidas mundialmente, como Versace, Adidas, Foot Locker e Crep Protect, já desenhou uma t-shirt para a Nike e fez parte do livro The Art Of the Sneakers.

Texto editado por Ana Maria Henriques

Sugerir correcção