A mobilidade suave trazida pela pandemia veio para ficar?

Teletrabalho, horários flexíveis, mais bicicletas e mais transporte individual põem em causa paradigma dos transportes públicos

Foto
rui Gaudencio

Entre as incertezas provocadas pela covid-19 há algumas tendências que parecem ter vindo para ficar ao nível da mobilidade das pessoas. O teletrabalho, o ensino à distância, a telemedicina vieram reduzir os percursos casa-trabalho. O uso da bicicleta disparou. E o regresso ao transporte individual também.

Sugerir correcção