Urban Sketchers

Com o confinamento, a família regressou à mesa — e Ana desenhou-o

Ana Conceição
Fotogaleria
Ana Conceição

Ana Conceição ficou em isolamento ainda antes da entrada em vigor do estado de emergência, a 19 de Março. E foi no desenho que encontrou um escape. Nas pausas do trabalho como gestora de conteúdos na Universidade Nova ou ao final do dia, alimentou um diário gráfico, retratando a dinâmica familiar em casa, profundamente alterada com o confinamento.

Uma das mudanças foi precisamente a hora da refeição, que retrata nesta série de desenhos. “Eu já não me lembrava de almoçar em família a não ser nas férias”, confessa ao P3. Agora acontece diariamente e Ana aproveita para capturar esses momentos. “Os nossos filhos passam muito tempo na escola e vê-los a crescer é quase um privilégio que não é nosso, porque estamos no trabalho. Agora, com esta situação anormal, conseguimos estar todos em família, a comer e conversar, mesmo que sejam conversas sem interesse.”

Assim, o objectivo não é fazer um "desenho bonito" da comida, mas sim transmitir o que “sentem” no momento. As imagens são normalmente acompanhadas de balões de fala, seja com algo que as filhas digam ("qualquer coisa que elas ouvem e contam"), ou apenas comentários que surgem em conversa. Há ainda espaço para a receita de croquetes, de que Ana se orgulha, ou das panquecas especiais do Luís, o seu marido.

Ana diz já ter mais ilustrações do que dias em isolamento. Algumas são mais privadas, mas as outras, as “mais engraçadas”, partilha no seu Instagram. "Ao partilharmos desenhos, como no meu caso, ou fotografias, que é mais geral, aprendemos uns com os outros.” Por isso, acha que não faz sentido “guardar as coisas na gaveta”. Há que espalhar conhecimento. 

Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Ana Conceição
Sugerir correcção