O Museu de Arte Antiga vai ter uma “casa do restauro” só para os Painéis de São Vicente

Os técnicos começam a restaurar aquela que é a obra mais importante da pintura portuguesa a 18 de Maio. O seu novo laboratório já está em construção nas galerias do museu e os visitantes vão poder ficar a vê-los trabalhar à janela.

Fotogaleria
A sala 2 do piso 3 do MNAA, onde habitualmente estão os Painéis e onde agora ficará o seu laboratório de restauro, voltou a ter também uma janela para o exterior por onde entrará a tão necessária luz natural
Fotogaleria
Explica o director do MNAA, Joaquim Caetano: “Será um verdadeiro laboratório de conservação”, mas com uma janela por onde se pode espreitar a partir do museu e outra, para a rua, até aqui tapada, por onde entrará luz natural, essencial ao trabalho das técnicas
Fotogaleria
O subdirector do MNAA, Anísio Franco, e uma das técnicas de conservação e restauro, Susana Campos, cobrem um dos painéis, temporariamente instalado numa sala próxima, junto a outras pinturas
Fotogaleria
Já protegida está uma das imagens de São Sebastião da colecção do museu
,Museu de Arte
Fotogaleria
É preciso proteger pinturas e esculturas do pó que os trabalhos de construção produzirão nos próximos dias
Fotogaleria
Não ver agora os Painéis de São Vicente na sala habitual, como nesta fotografia de arquivo, pode parecer estranho

O barulho de serras e berbequins substitui agora o silêncio que desde meados de Março era regra nas galerias do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, um silêncio pontualmente interrompido pela gravação de vídeos breves em que o director, Joaquim Caetano, e o subdirector, Anísio Franco, comentam peças da colecção, mantendo o contacto com o público nas diversas plataformas digitais.