A Sereia teve um filho e é preciso dar nome ao burro

É tudo para baptizar a nova estrela do Centro de Valorização do Burro de Miranda: o burranco nasceu a 20 de Abril e o centro pede ajuda para escolher o nome deste “pedaço de felicidade”. (actualização: venceu o nome Quebra-nozes).

Foto
A mãe Sereia com o filho recém-nascido e o burinho aos dez dias, ainda sem nome AEPGA

Em Atenor, no concelho de Miranda do Douro, fica o Centro de Valorização do Burro de Miranda, que se dedica à protecção desta espécie, uma das mais estimadas em Portugal e sempre em risco de extinção.

Agora há nova estrela por terras de Atenor, um burranco (não há burrice em desconhecer a palavra: em mirandês e terras de fronteira usa-se para um jovem burro). “No dia 20 de Abril pelas 19h30, o novo burranco via a luz do dia, trazendo mais um pedaço de felicidade para o Centro de Valorização do Burro de Miranda (CVBM), que agora conta com mais um pequeno orelhudo.” Foi com esta simpática mensagem que a AEPGA - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino, que celebra, a 9 de Maio, 19 anos, anunciou ao mundo o nascimento e se deram os parabéns à sua mãe, Sereia de seu nome. 

Foto
A Sereia e o burranco AEPGA

A divulgação das primeiras fotos, claro, foi um acontecimento no Facebook da associação. Que, aproveitando o embalo, lançou esta quarta-feira um concurso para encontrar um nome para o burrinho. “Vamos lá dar um nome ao filho da Sereia?”. Assim se abriu o jogo e o primeiro a indicar (no Facebook) o nome escolhido ganhará o direito ao apadrinhamento.

A regra principal: “o nome tem de começar pela letra Q”, e isto porque “no centro já zurram os pequenotes Quartzo, Quimera e Quinoa”. A iniciativa é um sucesso: no momento da publicação desta notícia, contavam-se mais de 500 comentários com sugestões. No momento da actualização (6 de Maio), quase o dobro.

Foto
A mãe e o filho, pouco depois do parto AEPGA

“Ficámos surpresos com a adesão de tanta gente”, comentava à Fugas Ana Pedrosa, pela AEPGA. Os cinco nomes seleccionados pela votação vão a votação e, como se explica no Facebook da associação, o burrico será “baptizado com o nome que for mais votado”. O primeiro a sugerir o nome que for escolhido ganha o apadrinhamento por um ano de um burro à sua escolha.

Os nomes a votação

A 6 de Maio, foram revelados os cinco nomes escolhidos pelo júri interno da AEPGA, de entre "mais de 140 sugestões distintas": Quebramar, Quebra-nozes, Quercus, Querubim ou Quioto​? Pode votar aqui.

“Na próxima semana divulgaremos o nome mais votado, assim como o nome da primeira pessoa que o sugeriu, que terá como prémio um apadrinhamento de um dos burros da campanha”, avançam. 

 E, já agora, para os mais curiosos: o nome do pai do burranco é Prado.

Brincadeiras à parte, que cuidar e proteger os burros é trabalho sério, quem quiser apoiar a missão da AEPGA poderá aceder ao site da associação e optar entre fazer um donativo, angariar fundos, tornar-se sócio, voluntariar-se ou, claro, ser padrinho e com orgulho (ou oferecer o apadrinhamento a alguém) de um dos burros mais bonitos e espertos do mundo. 

Para mais, nem de propósito, está quase aí um dia de festa, à volta do qual a associação vai promover várias actividades: a 8 de Maio celebra-se o Dia Internacional do Burro.

Actualizado a 6 de Maio com os nomes finalistas