Depois da estátua ao SNS, vamos ter um Estado mais forte? É cedo para dizer

Hoje é 25 de Abril e está aberto o debate sobre se a covid-19 marca o início de uma nova era do peso do Estado em Portugal. Não se antecipam mudanças profundas, mas há reforços no SNS dados como inevitáveis. O medo é que, depois do SNS-herói, venha a desilusão.

Foto
Adriano Miranda

A celebração dos 46 anos da democracia portuguesa apanha o país em pandemia e a fazer duas coisas raras: aplaudir o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e elogiar a intervenção do Estado nas suas vidas. Hoje é 25 de Abrilé feriado (deu por isso?) e está aberto o debate sobre se a covid-19 marca o início de uma nova era do peso do Estado em Portugal.