Covid-19. Oito datas-chave de hoje a Junho

Da renovação do estado de emergência ao “relançamento da economia”: o que vem aí em oito momentos.

Estado de emergência
Foto
Mário Cruz/Lusa

Abril

Dia 16

  • Assembleia da República debate o pedido de autorização para a renovação do estado de emergência, que depois é decretado pelo Presidente da República.
  • O Presidente da República e o primeiro-ministro já admitiram prolongar o estado de excepção, que, se for renovado por mais 15 dias, durará até 2 de Maio.

Dia 17

Dia 23

  • Reunião do Conselho Europeu, após acordo de princípio dos ministros das Finanças do Eurogrupo, para um pacote de mais de 500 mil milhões de euros. António Costa defende que líderes europeus devem “acordar uma resposta comum europeia” à crise provocada pela covid-19.

Dia 25

  • É o dia do 46.º aniversário do 25 de Abril. Foram canceladas manifestações, em Lisboa e noutras cidades do país, para assinalar os 46 anos da “Revolução dos Cravos”.
  • O Parlamento assinala o 25 de Abril numa sessão solene com apenas um terço dos deputados e “alguns convidados” que estarão nas galerias da sala do hemiciclo. A Associação 25 de Abril pede aos portugueses que, às 15h, cantem a Grândola, vila morena às “janelas e às varandas”.

Dia 28

  • Nova reunião dos especialistas, incluindo epidemiologistas, com o Presidente da República, primeiro-ministro, representantes dos partidos e parceiros sociais para analisar a situação da pandemia. “Para ver os dados, ver a evolução, fazer o balanço do que se passou em Abril, e depois naturalmente decidir em relação ao futuro imediato, a Maio”, na descrição de Marcelo Rebelo de Sousa.

Maio

Dia 2

  • Último dia do terceiro período de 15 dias em estado de emergência, caso a segunda renovação seja  aprovada neste 16 de Abril.

Dia 4

  • O primeiro-ministro aponta o dia 4 de Maio como a data-limite para um eventual recomeço das aulas presenciais que assegure o cumprimento com normalidade do calendário escolar, designadamente no ensino secundário. A decisão dependerá da evolução da pandemia.

Junho

Sugerir correcção