Torne-se perito Opinião

Amazônia: enxergar o invisível da covid-19

É cada vez mais urgente escutar os povos índigenas. Caso contrário, o processo de colonização e a desapropriação dos costumes ancestrais continuarão, com o espectro da covid-19 servindo apenas para acelerar o processo.

Nunca esquecerei a conversa que tive dois dias atrás com Rafael, um pescador da margem do rio Solimões, na pequena e isolada cidade de Tabatinga, Brasil. Suas palavras ainda assombram e ecoam na minha cabeça: “Na Amazônia, alguém morrerá de covid-19 ou de fome”.