Covid-19: hospital do Barreiro apela ao donativo de alimentos e material de protecção

A administração hospitalar indicou que as empresas e os cidadãos interessados em fazer um donativo devem contactar primeiro por email, apelando a que “não se desloquem de imediato ao hospital”.

Foto
A administração indicou que as empresas e os cidadãos interessados em fazer um donativo devem contactar primeiro por email os serviços de aprovisionamento e de nutrição paulo pimenta

O Centro Hospitalar do Barreiro Montijo (CHBM) dispõe dos equipamentos necessários, mas, a pensar na evolução da pandemia da covid-19, apelou nesta terça-feira ao donativo de bens alimentares e material médico, como máscaras, respiradores ou fatos de protecção.

“Cientes da rápida evolução desta pandemia, provocada pela covid-19, e tendo em conta que o futuro é imprevisível, vem o CHBM informar que está a aceitar donativos de empresas e/ou particulares”, referiu a administração do hospital, num comunicado divulgado no seu site. Por enquanto têm os “equipamentos de protecção invidivual necessários (EPI) à prestação de cuidados”, mas estão já a pensar no futuro. 

No caso dos equipamentos, a unidade está a solicitar máscaras cirúrgicas, respiradores P2 e P3, luvas de nitrilo de punho alto, cogulas, cobre-botas, álcool a 70 graus, solução alcoólica para anti-sepsia das mãos com teor de etanol a 70 graus e fatos de protecção integral.

Neste sentido, a administração indicou que as empresas e os cidadãos interessados em fazer um donativo devem contactar primeiro por email os serviços de aprovisionamento ([email protected]) e de nutrição ([email protected]), apelando a que “não se desloquem de imediato ao hospital”.

Segundo os dados do boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS), até hoje o concelho do Barreiro contabiliza 37 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, enquanto o distrito de Setúbal regista 282 casos positivos. No entanto, os casos distribuídos por concelho correspondem apenas a 78% dos casos positivos em Portugal, podendo este número ser maior. 

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito nesta terça-feira pela DGS, registaram-se 160 mortes, mais 20 do que no dia anterior, e 7443 casos de infecções confirmadas, o que representa um aumento de 1035 em relação a segunda-feira.

Sugerir correcção