Coronavírus: funcionário residente na casa do Papa com teste positivo

O Papa e os seus assessores mais próximos não fazem parte dos seis casos confirmados no Vaticano, disse o director de comunicação.

Foto
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia Reuters

Um funcionário da secretaria de Estado, residente na casa de Santa Marta, onde mora o Papa Francisco, testou positivo para a covid-19, aumentando para seis os casos confirmados, informou o Vaticano.

Em comunicado, o director de comunicação do Vaticano, Matteo Bruni, esclareceu que “o Papa e os seus assessores mais próximos não estão envolvidos”.

Bruni explicou que o funcionário da Secretaria de Estado, residente em Santa Marta, “teve alguns sintomas e foi colocado em isolamento” e que, “embora as suas condições de saúde não sejam particularmente críticas, como precaução, a pessoa foi internada num hospital em Roma sob observação”.

O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/VATICANo
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/VATICANo
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/YARA NARDI
O Papa dentro da Basílica de S. Pedro EPA/YARA NARDI
O Papa dentro da Basílica de S. Pedro EPA/YARA NARDi
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia Reuters/GUGLIELMO MANGIAPANE
Um casal assiste à cerimónia no seu tablet em Kaarst, Alemanha EPA/SASCHA STEINBACH
Um casal assiste à cerimónia no seu tablet em Kaarst, Alemanha EPA/SASCHA STEINBACH
O Papa chega à praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/YARA NARDi
O Papa chega à praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/YARA NARDI
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/VATICANo
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/VATICANo
O Papa na cerimónia transmitida para todo o mundo a partir da praça de S. Pedro, completamente vazia EPA/VATICANo
Fotogaleria

De acordo com os protocolos de saúde estabelecidos, acrescentou o porta-voz, foi realizada a desinfecção do local de trabalho e dos locais ocupados na residência, bem como rastreados os contactos efectuados pela pessoa em causa nos dias anteriores.

“Os resultados confirmaram a ausência de outros casos positivos entre os residentes na Casa Santa Marta”, mas, segundo Bruni, “por precaução foram realizados 170 testes entre os funcionários da Santa Sé e os moradores da residência do Papa”, os quais deram negativo.

Actualmente, segundo a agência EFE, estão contabilizadas seis pessoas infectadas pela covid-19 entre os funcionários da Santa Sé e cidadãos do Estado da Cidade do Vaticano.