Coronavírus: Pela primeira vez, a Eurovisão foi cancelada

O Festival Eurovisão da Canção já não se vai realizar em Roterdão em Maio.

A Eurovisão já não se vai realizar em Maio, a primeira vez em 64 anos
Foto
A Eurovisão já não se vai realizar em Maio, a primeira vez em 64 anos Rui Gaudencio

É oficial: a EBU, a entidade responsável pelo Festival, anunciou esta quarta-feira que o Festival Eurovisão da Canção de 2020, que iria realizar-se em Roterdão, na Holanda, entre 12 e 16 de Maio, foi cancelado. É a primeira vez que tal acontece nos 64 anos decorridos desde que o festival arrancou, em 1956, apenas com sete países participantes. Este ano eram 41 os candidatos, e já estavam todas as canções apuradas.

Num comunicado publicado no seu site oficial, a EBU explica que os vários parceiros, incluindo a cidade de Roterdão, “vão continuar uma conversa em vista à hospedagem do Festival Eurovisão da Canção em 2021”. No texto, pode ler-se que “há várias semanas” que a organização tem estado “a explorar muitas opções alternativas para possibilitar que o Festival Eurovisão da Canção vá para a frente”. Porém, “a incerteza criada pela propagação da COVID-19 pela Europa”, além “das restrições implementadas pelos governos das estações participantes e das autoridades holandesas”, fizeram com que “a EBU tenha tomado a decisão difícil de que é impossível continuar com o evento ao vivo como tinha sido planeado”. O festival ia decorrer em Roterdão após a balada Arcade, cantada por Duncan Laurence, ter vencido a edição de 2019, em Tel Aviv

Portugal participa no festival desde 1964, tendo só falhado desde então apenas cinco edições. A concorrente portuguesa deste ano, Medo de sentir, de Marta Carvalho, cantada por Elisa, foi escolhida a 7 de Março, mas já não vai representar o país à Holanda, pelo menos este ano. “Lamentamos muito, mas sabemos que a saúde de todos é o que importa. Cuidem-se!”, comentou a intérprete da canção vencedora no Instagram. Já a compositora afirmou, na mesma rede social: “Mesmo assim, Portugal teve o seu próprio Festival da Canção. E mesmo conhecendo o seu objetivo enquanto evento, para mim, tem mais valor. É o meu país. Obrigada a todos pelo apoio a esta canção. Acompanhem o trabalho da maravilhosa Elisa. Ela merece. Por aqui, tudo continua. Porque nada, mas mesmo nada, pode parar o que viemos ao mundo para fazer. Música.”

Sugerir correcção