Desistências no centro dão novo fôlego a Biden e atrasam Sanders

Primárias do Partido Democrata chegam à “super-terça-feira” em aberto, após as saídas de Pete Buttigieg e Amy Klobuchar. Vitórias esperadas de Sanders podem ser menos expressivas.

Foto
Bernie Sanders e Joe Biden no mais recente debate entre os candidatos, na Carolina do Sul Reuters/JONATHAN ERNST

Se os eleitores do Partido Democrata norte-americano escolhessem o seu candidato à Casa Branca num único dia, como acontece nas votações em Portugal, talvez não ficassem mal representados com o vencedor das 16 eleições que acontecem esta terça-feira um pouco por todo o país. Por alguma razão lhe chamam “super-terça-feira”: da Califórnia ao Texas e do Alabama ao Massachusetts, a América real, a dos brancos e dos negros, dos millenials e dos boomers, dos moderados e dos progressistas, faz a sua estreia nas eleições primárias, após um arranque pouco diversificado.