Opinião

Combater a corrupção? Nem por isso...

Até quando terão os portugueses de se deslocar a Estrasburgo para encontrar justiça e decência?

Os factos já foram bastante divulgados: em 2006, Ricardo Sá Fernandes foi abordado pelo empresário Domingos Névoa com o intuito de corromper o seu irmão José Sá Fernandes e gravou a conversa que o corruptor teve consigo sem, naturalmente, o informar que ia proceder a tal gravação. De seguida, foi à Polícia Judiciária, entregou a gravação e, já com autorização judicial, procedeu à gravação de uma outra conversa com o corruptor, assim permitindo que o mesmo viesse a ser condenado criminalmente pelo crime de corrupção.