Primo de Sócrates assegura que dinheiro que tinha nas contas era mesmo seu

José Paulo Pinto de Sousa foi ouvido presencialmente pela primeira vez pela justiça portuguesa esta terça-feira.

,Operação Marquês
Foto
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO

O primo de José Sócrates, José Paulo Pinto de Sousa, que o Ministério Público acusa de ter ajudado a esconder na Suíça luvas pagas ao antigo primeiro-ministro pelo banqueiro Ricardo Salgado, diz que o dinheiro que passou pelas suas empresas offshore e pelas respectivas contas bancárias era mesmo seu.