“Lava que se farta!”: Isabel dos Santos perde processo contra Ana Gomes

Empresária angolana pedia que tweets da ex-eurodeputada fossem apagados. Prevaleceu a liberdade de expressão. “Foi feita justiça”, reage a diplomata.

Ana Gomes
Foto
O tribunal refere o papel de Ana Gomes em pressionar supervisores, como o Banco de Portugal mIGUEL mANSO

A justiça portuguesa deu razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos por causa de comentários no Twitter nos quais a ex-eurodeputada socialista se indagava sobre a origem do dinheiro da filha do ex-Presidente de Angola e sobre o cumprimento das regras de prevenção do branqueamento de capitais — entre os quais estava uma publicação na qual exclamava que Isabel dos Santos, ao pagar os empréstimos bancários, “‘lava’ que se farta!”.