Dois republicanos e o Partido Democrata querem impedir novos ataques de Trump contra o Irão

Senadores do Partido Republicano apoiam uma proposta que obrigaria o Presidente Trump a consultar o Congresso antes de qualquer ordem militar contra o Irão. Explicações da Casa Branca sobre o assassínio do general Soleimani foram consideradas “insultuosas”.

Os senadores Mike Lee e Rand Paul, do Partido Republicano
Foto
Os senadores Mike Lee e Rand Paul, do Partido Republicano Reuters/TOM BRENNER

Pelo menos dois senadores do Partido Republicano, cujos votos são importantes para a maioria de 53-47 em votações que podem afectar o Presidente Donald Trump, criticaram as explicações que receberam da Casa Branca sobre o assassínio do general iraniano Qassem Soleimani. À saída de uma reunião com altos responsáveis da Casa Branca e do Pentágono, na noite de quarta-feira, os dois republicanos anunciaram que vão apoiar uma proposta do Partido Democrata para proibir Trump de ordenar novos ataques contra o Irão sem autorização ao Congresso.