Minas de Jales: abatimentos de terras cortam estrada e isolam três aldeias

Depois de quatro anos de troca de correspondência com a empresa e meses depois de ter sido aconselhada pela DGEG a cortar preventivamente a via, a Câmara de Vila Pouca de Aguiar interditou a estrada de acesso a três aldeias com mais de um milhar de habitantes.

Foto
As minas de ouro de Jales estão encerradas desde 1992 Paulo Pimenta

Os habitantes das aldeias de Campos de Jales, Cidadelhe de Jales e Reboreda, que totalizam mais de mil munícipes do concelho de Vila Pouca de Aguiar, estão sem poder transitar na principal estrada de acesso à sede do concelho desde o dia 22 de Novembro. Foi essa a data do último, e mais grave, abatimento de terras junto à Estrada Municipal 1172-1, em zonas onde se encontram vazios de escavação resultantes da exploração das antigas minas de Jales.