O Passos no Escuro arranca a 8 de Janeiro com o primeiro The Evil Dead
Foto
O Passos no Escuro arranca a 8 de Janeiro com o primeiro The Evil Dead DR

Cinema de terror e de culto regressa ao Passos Manuel

O Passos no Escuro está de volta à sala do Porto durante as quartas-feiras de Janeiro. O arranque é já a 8 de Janeiro, com o primeiro The Evil Dead.

O Passos no Escuro, ciclo de cinema de terror e de culto, recomeça a 8 de Janeiro, quarta-feira, no Cinema Passos Manuel, no Porto, depois de duas semanas de hiato. A trilogia Evil Dead (1981-1992), de Sam Raimi, será exibida na íntegra, assim como o recente filme de género nacional, Mutant Blastque encerra o ciclo a 29 de Janeiro.

Os três filmes de Sam Raimi marcaram o início da carreira do realizador reconhecido pela primeira trilogia Homem-Aranha (2002-2007). Actualmente, marca presença nas salas comerciais enquanto produtor de The Grudge: Maldição, de Nicolas Pesce (estreado a 1 de Janeiro). A trilogia que “reinventou o género de terror e lhe injectou uma merecida dose de comédia” centra-se num texto sumério amaldiçoado e é protagonizada por Bruce Campbell. Dela nasceu um remake em 2013 e uma série protagonizada por Campbell, Ash vs Evil Dead (2015-2018), com três temporadas.

À ela junta-se Mutant Blast (2018), de Fernando Alle. Com uma carreira em festivais de cinema de género iniciada no MOTELx de 2018, a obra foi produzida por Lloyd Kaufman (co-fundador da Troma Entertainment). Ao P3 em Outubro passado, Alle referia “o feedback incrível” que o filme recebeu além-fronteiras, o qual mistura ao extremo soldados, zombies e mutantes. “No meio da parvoíce toda há muita seriedade”, opinou, sendo o público apanhado de surpresa por “acabar emocionado com uma lagosta”. A organização do Passos no Escuro descreve Mutant Blast como “uma carta de amor ao cinema de ficção científica e terror, com doses de sangue nunca antes derramadas no cinema português”.

Antes da exibição do terceiro tomo de The Evil Dead, O Exército das Trevas, é ainda apresentado o livro Videoclube do Sr. Joaquim: Anuário 2019 pelos autores, Carlos Reis, Miguel Ferreira e Pedro de Alarcão Lombarda, do podcast Nas Nalgas do Mandarim. O livro é um compêndio dos filmes estreados em 2019, “um pedaço de literatura infame e hilariante, com a capacidade ortográfica que só um empregado de balcão num videoclube de aldeia consegue”.

A curadoria das sessões é responsabilidade de José Santiago, co-autor dos podcasts Spinoff e Filmes do Ano, membro da Rádio Universidade de Coimbra e colaborador do magazine Arte-Factos. Aquando da primeira volta do Passos no Escuro, iniciado a 31 de Outubro de 2019, José Santiago enaltecia aos Mais Superior a veia nostálgica e acarinhada do cinema de terror de culto: “A explicação resume-se a apenas duas palavras – experiência colectiva”. 

As exibições acontecem sempre às quartas-feiras, pelas 22 horas, e os bilhetes custam cinco euros (quatro para portadores do cartão Tripass). The Evil Dead — A Noite dos Mortos Vivos abre o ciclo já esta quarta-feira, 8 Janeiro. Uma semana depois, a 15, é a vez de The Evil Dead 2 — A Morte Chega de Madrugada​. A trilogia fica completa a 22 de Janeiro com a exibição de O Exército das Trevas, na mesma noite em que é apresentado o livro Videoclube do Sr. Joaquim: Anuário 2019. O Passos no Escuro encerra a 29 de Janeiro com Mutant Blast, apresentado pelo realizador.

Sugerir correcção