Cápsula espacial da Boeing regressa à Terra este domingo

A cápsula acabou na órbita errada, pouco tempo depois do lançamento, na sexta-feira.

,Atlas V
Foto
O lançamento da Boeing CST-100 Starliner, a 20 de Dezembro Reuters/THOM BAUR

A nova cápsula espacial da empresa aeronáutica Boeing vai regressar à Terra este domingo, depois de ter falhado a acoplagem à Estação Espacial Internacional (EEI), noticia a agência AP.

Se o teste tivesse corrido como o esperado, a cápsula CST-100 Starliner devia passar a próxima semana na EEI, como parte do ensaio para um voo tripulado, agendado para o próximo ano.

Porém, a cápsula acabou na órbita errada, pouco tempo depois do lançamento, na sexta-feira, e a Boeing e a agência espacial norte-americana NASA decidiram fazê-la regressar à Terra o mais depressa possível.

Segundo o director da NASA, Jim Bridenstine, aconteceu uma anomalia no sistema de contagem decrescente do veículo espacial, que fez com que o computador de bordo “pensasse” que já tinha feito as manobras necessárias para se colocar na órbita certa.

“A cápsula consumiu mais combustível do que o previsto para se manter controlada. Isso tornou impossível o encontro com a estação espacial”, afirmou.

Projectada para ser o novo meio de transporte de tripulações para a EEI, a Starliner deverá fazer uma descida controlada no Novo México, salvando-se para poder ser usada noutra missão.

Sugerir correcção